Oi reduz prejuízo para 359 mil euros no 4.º trimestre de 2019

Agência Lusa

A operadora brasileira Oi registou 1.971 milhões de reais (cerca de 359 mil euros) de prejuízo no quarto trimestre de 2019, uma redução de 40,4% face a igual período do ano anterior, foi hoje comunicado ao mercado.

De acordo com a informação remetida pela portuguesa Pharol, uma das acionistas da Oi, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), no período em causa, a receita líquida da empresa fixou-se em 4.862 milhões de reais (sensivelmente 885 mil euros), menos 8,6% em comparação com o quarto trimestre de 2018.

Por sua vez, o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) da operadora retrocedeu 17,9% para 1.056 milhões de reais (aproximadamente 192 mil euros).

Já o investimento (capex) cedeu 5,1%, no quarto trimestre de 2019, totalizando 1.979 milhões de reais (cerca de 360 mil euros).

“A Oi continua a executar diligentemente o seu plano estratégico e trabalha em várias frentes de transformação com um acompanhamento rigoroso de todos os seus principais objetivos operacionais, financeiros e estratégicos”, apontou, no documento, a empresa.

PE // CSJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta