Operadora NOS emite obrigações de 300 ME a cinco anos

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A operadora de telecomunicações NOS informou hoje, ao mercado, que concretizou uma emissão de obrigações de 300 milhões de euros a cinco anos, visando refinanciar dívida e suportar a atividade, num processo com “elevada procura” dos investidores.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a NOS indica que, “na presente data, acordou os termos de uma emissão de obrigações, as quais serão admitidas à negociação no mercado regulamentado Luxembourg Stock Exchange, no montante de 300 milhões de euros, com um prazo de vencimento de cinco anos e com uma taxa de cupão fixa anual de 1,125%, correspondente a ‘mid swap rate’ a cinco anos, acrescida de ‘spread’ de 0,75%, e com liquidação a 02 de maio de 2018”.

Segundo a operadora, esta emissão “destina-se a refinanciar dívida existente e financiamento global da atividade”, representando “mais um importante passo na concretização da estratégia de financiamento da NOS”.

Isto porque, segundo a empresa, contribui para a “diversificação das fontes e instrumentos de financiamento, através do acesso ao mercado de capitais de dívida”, para a “extensão da maturidade média da dívida” e ainda “para a redução adicional do custo médio da dívida”.

Na nota ao mercado, a operadora “congratula-se com a elevada procura registada nesta emissão, de cerca de 1.200 milhões de euros, bem como com a qualidade dos investidores institucionais que participaram na operação”, argumentando que isso se deve à “qualidade de crédito da NOS, recentemente evidenciada pela notação de ‘investment grade’ atribuída pela Standard & Poor ́s (‘rating’ de crédito de longo prazo de BBB-) e pela Fitch (‘rating’ de crédito de longo prazo de BBB)”.

As ações da Nos fecharam hoje a perder 0,40% para 4,93 euros.

ANE // MSF

Lusa/Fim

Deixe uma resposta