Plano de trading posto em prática

Tiago Esteves

Depois de ter criado um formato de plano de trading, decidi dar um exemplo prático, para ser mais fácil de visualizar a sua aplicabilidade. Este plano é apenas uma simulação teórica e não deve ser considerado como uma recomendação de compra ou venda

PLANO DE TRADING

Título a negociar: Michelin Data de entrada: 12-01-2009
Tipo de Entrada: Curta
Data estimada para o fecho da posição:
Preço de abertura de posição: 39,5€
Motivos que me levaram a entrar: Aproximação à LTd, que se tem vindo a formar desde Outubro de 2007. Todas as 8 anteriores aproximações foram seguidas por acentuadas retracções. Este toque na LTd coincide com um ponto de resistência, o que lhe pode dar ainda mais sustentação. Os volumes têm decrescido progressivamente, desde que foi atingido novo mínimo.

Target estimado: 31,5€
Rentabilidade potencial: 20%
Motivos que me levaram a calcular esse Target:
O target baseia-se no anterior lower-low. Foi responsável por uma subida de 40%, o que lhe confere um considerável potencial de resistência. Pode ser necessário proceder a uma tomada de lucros parcial nos 35,5€, embora esta pequena resistência tenha sido constituída por volumes muito fracos.

Stop loss: 40,7€/3% acima da LTd
Perda potencial: 3%
Motivos que me levaram a escolher esta zona para retirada:
Numa primeira fase, o stop loss ficará dentro da zona de resistência assinalada. Para definir um valor concreto, foi utilizada a cotação mais alta desta fase de contacto com a LTd. Idealmente seria utilizado como stop um valor um pouco acima da assinalada zona de resistência, mas essa decisão colocaria a perda potencial acima dos 5%, o que não é compatível com este grau de alavancagem. A alavancagem não vai ser reduzida porque o ponto de stop loss escolhido é válido, relativamente sólido e situado acima da LTd.
O stop loss passará a ser móvel (3% acima da LTd, a partir do dia 23 de Janeiro, caso não haja quebra prévia.
Em caso de quebra da LTd com consistência, será ponderada uma entrada longa.

Aspectos a melhorar no futuro
Diminuição da alavancagem, a fim de levar o stop loss até uma zona de maior conforto

Deixe uma resposta