Portfolio Surfar a Tendência – Core

Tiago Esteves

Tiago Esteves

, Sem categoria

A Core é uma daquelas empresas que se guia pela análise técnica e isso nota-se perfeitamente numa análise rápida aos suportes que se transformam em resistência e vice-versa. Esta posição era para ter sido aberta ontem, quando o topo da zona de resistência foi atingido. De qualquer forma, tive algum receio que quebrasse e preferi observar a reacção. Como foi bastante positiva (leia-se negativa), vou abrir uma posição curta na próxima abertura. Caso quebre em alta a resistência será convertida numa posição longa. A grande desvantagem deste título é penetrar muitas vezes no intraday os suportes e resistências, reconquistando-os em fecho. Mesmo tendo noção desse pormenor, vou correr o risco de ser stopado, deixando o stop logo acima da resistência. Caso se justifique, reentro.

A que se deve esta atitude? O título tem por hábito exacerbar o movimento de quebra e eu não quero correr o risco de perder 10 ou 15% de uma só vez por deixar de colocar um stop ou por o colocar demasiado longo. A juntar a isso existe um H&S com projecção nos 26 dólares. Caso a vela de hoje não tenha decretado o fim do movimento prefiro inverter a posição sem perdas maiores.

Será uma posição a adicionar ao capital destinado a movimentos especulativos de curto/médio prazo

O objectivo será manter o título em carteira até uma eventual quebra em alta da zona de resistência. Stop-loss fica nos 24,01 dólares

Deixe uma resposta