Portfolio Surfar a Tendência – OMI

Tiago Esteves

Tiago Esteves

, Sem categoria

Nova posição no Portfolio, desta feita uma posição curta. Há que equilibrar a carteira e não esquecer que o actual momento é de forte indecisão. Isto é como quem diz que tanto pode ir para cima como vir para baixo, pelo que o melhor é preservar o capital e ter liquidez disponível para balancear a carteira para um dos lados, quando isto se vier a justificar. As posições curtas têm sido as que mais prejudicaram a carteira até ao momento, com as suas desvalorizações. De qualquer forma, prefiro não abdicar totalmente delas.

A OMI tem estado a fazer uma rising wedge e encontra-se actualmente a retestar o padrão. Para os mais distraidos, recordo que a rising wedge é dos padrões técnicos com uma menor taxa de fiabilidade. Mesmo assim, o padrão quebrado e retestado, a zona de resistência a coincidir com o actual nível de preços e uma relação ganho/perda de 3/1 foram demasiados argumentos para eu a deixar passar ao lado.

O objectivo será manter o título em carteira a menos que quebre em alta a zona de resistência/máximo relativo. Stop-loss fica nos 36,6 dólares

Deixe uma resposta