Portucel em zona de absoluta importância

Tiago Esteves
Quando analisei a Portucel, há cerca de um mês atrás, avisei para a necessidade de se ter em consideração a força da resistência no gráfico horário. Essa resistência foi mesmo decisiva, e empurrou o preço para mínimos. Foi, ainda assim, a quebra de outra resistência em alta que originou o actual rally ascendente. A quebra dos 2,8€ activou um duplo fundo no gráfico horário, e a partir daí o título tem vindo a suportar-se  com um convincente padrão de higher-lows. O problema que se coloca é o mesmo que se colocava no mês passado: o confronto com a resistência dos 3,134€.

Este ponto toma especial relevo quando no gráfico diário é a marca que significaria a activação de um padrão de inversão. Na minha opinião, não é nem provável nem salutar que essa quebra aconteça já. Será importante que assistamos a uma nova consolidação antes de regressarmos às subidas, de preferência abaixo da resistência. Assim, quando/se quebrar, que o faça de forma convincente e sem deixar espaço para dúvidas. Mais importante que isso: uma retracção significaria a criação de uma referência de negociação. Isso ajudaria o título a subir, por providenciar a todos os que estão fora um ponto de entrada seguro. Ainda assim, é importante que se recorde que a resistência ainda não quebrou. E basta olharmos para o exemplo de Fevereiro para percebermos que consequências uma entrada precoce pode ter para uma carteira de negociação.

Deixe uma resposta