Português que investiu um milhão no IPO do Facebook vira-se agora para o BCP

Tiago Esteves

Em entrevista ao site “Dinheiro Vivo” o português que ficou famoso por investir um milhão de euros no IPO do Facebook diz agora que tem vindo a baixar o preço médio e está convicto de que ainda vai ganhar dinheiro. Como se tal não bastasse, Rodrigo decidiu recentemente comprar BCP a 11 centimos, tencionando vender no patamar dos 15 centimos. Esta opinião é interessante e digna de análise, pois viola quase todas as leis de money management.

Acredito que o Rodrigo está actualmente a perder dinheiro porque não tinha um plano de trading, não tinha um plano B no caso de as coisas correrem mal. O plano B transformou-se neste momento em aguentar as perdas e baixar o preço médio. Das duas uma, ou ele perde tanto que se cansa de vez da bolsa e nunca mais volta. Ou duplica o dinheiro e volta a fazer o mesmo daqui a uns tempos. Mas isso também podia fazer num casino!

Parece-me que o Rodrigo não se segue por análise técnica ou fundamental, pois ambas apontam neste momento para a venda dos dois títulos em causa. Isto leva-me a perguntar: o que passa pela cabeça de alguém inteligente (para ter mais de 1M€ é certamente mais do que eu) para o levar a entrar numa área que desconhecerá, de forma tão radical? Talvez tenha 100 milhões e está a diversificar, e assim sendo quase nada a dizer. Talvez esteja apenas mal informado, e nesse aspecto a Gobulling (que pelos vistos é a corretora dele) tinha obrigação de o informar e de se assegurar que ele tem de facto noção do que está a fazer. Juízos à parte, esta é uma história interessante de se discutir, e que vem provar mais uma vez que  facto os players mais endinheirados também podem perder dinheiro. E não basta ter dinheiro para se saber o que se faz… A juntar ao Rodrigo, o Joe Berardo que o diga!

Comment List

  • Tiago 15 / 06 / 2012 Reply

    Parece-m algo k eu era capaz de fazer hehe

  • Tiago Esteves 16 / 06 / 2012 Reply

    Eu sei:) Mas daqui a uns meses vais perceber que aquilo é uma barbaridade;)

Deixe uma resposta