Procura por acções da Espírito Santo Saúde continua abaixo da oferta!

Tiago Esteves
Quando faltam apenas dois dias para o final do período de subscrição de acções da ESS, os sinais de cautela saltam à vista. O mais recente passa pela diminuta procura, que não cobre sequer a globalidade da oferta. E quando a oferta é maior do que a procura, o que acontece? Exacto, o preço baixa… Se existirem participantes nesta OPV alavancados, que tenham pedido um total de títulos muito acima daqueles que querem realmente deter, é provável que assistamos a um sell-off.

No entanto, nem tudo é mau! Esta escassez na procura dos particulares deve provavelmente estar a verificar-se também no campo institucional, pelo que provavelmente o preço de colocação no mercado se aproximará com elevado grau de probabilidade do extremo inferior do intervalo.
Esperemos que não tenha de ser o BES a assumir-se como um dos principais subscritores desta OPV mal planeada…

Apesar de não poder nem pretender fazer qualquer recomendação de compra ou venda, posso e devo recomendar prudência a todos os leitores que estejam a pensar entrar neste negócio. Pode correr bem? Pode sim senhor… tal como pode correr bem apostar o dinheiro todo no zero da roleta de um casino!  Pessoalmente tenho cada vez mais interesse na vertente curta do negócio, de tal forma que já pedi à Activtrades para me disponibilizar logo que possível a negociação da ESS via CFD. Posso estar tremendamente enganado, mas antevejo que só com uma intervenção muito activa do agente estabilizador se consiga abrandar ou evitar a aproximação das cotações a um valor menos absurdo. Depois de passados os 30 dias de estabilização veremos o que o mercado acha realmente do preço….

Comment List

  • Márcio 05 / 02 / 2014 Reply

    Que mau Sr. Tiago !! Com este comentário já tiraste o sono a muita gente… não foi por falta de aviso. 😉

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 06 / 02 / 2014 Reply

    Antes agora do que mais tarde, Márcio 🙂
    Mas eu engano-me imensas vezes, pode ser que os meus receios relativamente à ESS não se venham a verificar

Deixe uma resposta