Produção industrial em Itália cai 29,3% em março devido à pandemia

Agência Lusa

O índice de produção industrial em Itália caiu 29,3% em março face ao mesmo mês de 2019 e 28,4% face a fevereiro, uma contração sem precedentes provocada pela pandemia da covid-19, foi hoje anunciado.

Segundo dados do instituto nacional de estatística italiano, Istat, hoje divulgados, no primeiro trimestre a produção industrial caiu 8,4% em relação ao último trimestre de 2019.

Num comunicado, o Istat argumenta que em março as condições da procura e as medidas de contenção da pandemia da covid-19 levaram a um colapso da produção industrial italiana.

O instituto observa que as quedas da produção industrial em termos homólogos e mensais são as maiores registadas nas séries históricas disponíveis, que começam em 1990 e até superam as contrações da crise de 2008.

Em termos homólogos, a produção industrial contraiu-se 39% em março no caso dos bens de capital, 28,7% no dos bens intermédios, 26,2% no dos bens de consumo e 10,5% no dos da energia.

Em março em relação a fevereiro, os bens de capital recuaram 39,9%, os bens intermédios 27,3%, os bens de consumo 27,2% e os da energia 10,1%.

Por setores de atividade económica, os mais penalizados foram o fabrico de meios de transporte (-52,6%), a indústria têxtil, peles e acessórios (-51,2%), o fabrico de máquinas (- 40,1%) e o de produtos de metal (-37%).

Menor foi a queda nas indústrias de alimentos, bebidas e tabaco (-6,5%).

MC // CSJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta