PSI20 valoriza 0,82% impulsionado por subida de mais de 4% do BCP

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

O PSI20, principal índice da bolsa portuguesa, encerrou hoje a ganhar 0,82% para 5.791,88 pontos, por entre uma Europa maioritariamente em alta, impulsionada pela subida acima dos 4% do BCP.

Dos 18 títulos cotados no índice, nove encerraram em baixa, três ficaram inalterados e seis fecharam em alta.

Do lado dos ganhos, destaque para o Banco Comercial Português (BCP), que liderou os ganhos ao valorizar 4,38% para 0,3339 euros, seguido da operadora de telecomunicações NOS, que progrediu 0,82% para 5,55 euros.

Na segunda-feira, as ações do BCP já tinham avançado 5%, sendo esta a quinta sessão consecutiva que o título regista ganhos.

A Semapa, os CTT – Correios de Portugal, a Sonae Capital e a Galp Energia registaram ganhos inferiores a 1% na sessão de hoje.

Por sua vez, as ações da Corticeira Amorim, Ibersol e Novabase ficaram inalteradas.

Do lado das perdas, destaque para a Pharol, que perdeu 3,02% para 0,241 euros, seguida da Sonae, que divulga na quarta-feira dados preliminares das vendas no retalho, da construtora Mota-Engil, da Navigator e Altri.

O setor da energia também esteve hoje em baixa, com a REN, EDP e EDP Renováveis em terreno negativo, tal como a Jerónimo Martins, cujas perdas foram inferiores a 1%.

O PSI20 registou hoje o nível mais elevado desde julho de 2015.

Os mercados bolsistas europeus oscilaram entre os ganhos de 0,71% da praça de Frankfurt (DAX) e a descida de 0,12% de Paris (CAC 40), por entre uma Europa maioritariamente positiva.

Sensivelmente à mesma hora do fecho das praças europeias, os mercados acionistas norte-americanos seguiam mistos, com o Nasdaq em alta e o Dow Jones a derrapar ligeiros 0,07%.

ALU // ATR

Lusa/Fim

Deixe uma resposta