Receitas da Meo caem 3,1% para 566 ME no terceiro trimestre

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

As receitas da Meo atingiram os 566,2 milhões de euros no terceiro trimestre, uma diminuição de 3,1% em termos homólogos, anunciou hoje o grupo Altice.

Esta quebra deve-se, sobretudo, à queda das receitas de tráfego internacional (em 15 milhões de euros) e da diminuição da receita média por cliente (ARPU) no móvel.

No terceiro trimestre de 2016, a antiga PT Portugal, que agora é denominada de Altice Portugal, tinha registado receitas de 584 milhões de euros. No segundo trimestre deste ano, as receitas ascenderam a 576 milhões de euros.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) ajustado foi de 265 milhões de euros, “uma ligeira quebra de 1%” em termos homólogos, afirmou fonte oficial da Altice Portugal.

“A margem [do EBITDA] melhorou”, já que foi “compensada em termos de eficiência de custos”.

Questionada sobre que custos foram cortados, a mesma fonte adiantou tratarem-se de “custos operacionais”, salientando ter sido “uma redução generalizada a vários níveis”.

No período homólogo de 2016, o EBITDA foi de 268 milhões de euros, enquanto no segundo trimestre deste ano ascendeu a 255 milhões de euros.

Em termos de investimento (Capex), no terceiro trimestre, o grupo atingiu os 107 milhões de euros, mais 7% do que em igual período de 2016 (100 milhões de euros).

Face ao segundo trimestre deste ano, o Capex recuou 3,6% (entre abril e junho foi de 111 milhões de euros”-

No segmento do consumidor (B2C), a Meo registou “uma melhoria da evolução dos clientes”, tendo “estabilizado”, segundo a mesma fonte.

“A rede de fibra acelerou os clientes do fixo”, contabilizando 577 mil clientes com esta tecnologia no final do terceiro trimestre, o que representa “mais 35 mil clientes, o mais elevado até agora no trimestre”, o que compara com os “25 mil” angariados no período homólogo.

A operadora de telecomunicações adianta que o facto do regulador do setor, a Anacom, ter dado um período adicional de 15 dias aos clientes para se desligarem dos serviços teve um impacto na Meo no trimestre, mas não adiantou detalhes.

A televisão “manteve um desempenho positivo, com “mais 4.000 clientes face ao trimestre anterior”.

No que respeita ao móvel pós-pago (por assinatura), “crescemos 15 mil clientes” no trimestre, adiantou a mesma fonte.

No segmento empresarial, fonte oficial adiantou que “a tendência de recuperação acentuou-se neste trimestre”, já que “tem vindo a reduzir perda”.

No terceiro trimestre, as receitas do grupo Altice subiram 0,3% para 5.755 milhões de euros, enquanto o EBITDA avançou 4,2% para 2.358 milhões de euros.

O grupo Altice concretizou a compra da PT Portugal em julho de 2015 e, neste momento, aguarda a decisão da Autoridade da Concorrência sobre a compra da Media Capital, dona da TVI.

Deixe uma resposta