REN vai pagar menos de 2% na emissão de 300 ME em obrigações a 10 anos

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A REN – Redes Energéticas Nacionais está hoje no mercado a financiar-se através de uma emissão de 300 milhões de euros em obrigações a 10 anos, sendo que as perspetivas iniciais apontam para uma taxa de juro abaixo dos 2%.

O “initial pricing talks” (IPT), de acordo com a agência financeira Bloomberg, arrancou nos 100 pontos-base acima da taxa mid-swap do euro, que hoje se situa nos 0,9028% a dez anos, pelo que a taxa final deverá situar-se à volta de 1,9%, no caso do “spread” se manter enquanto o livro de ordens está aberto.

As obrigações da REN têm vencimento em 18 de janeiro de 2028 e a empresa liderada por Rodrigo Costa beneficia por parte da Standard & Poor’s, Fitch e Moody’s, de uma notação que se situa em nível de investimento.

O Barclays e o Deutshe Bank (B&D) são os bancos responsáveis pela coordenação da operação, enquanto o Banco BPI, Haitong Bank, ICBC Standard e Millennium BCP atuam como “joint bookrunners”.

Esta emissão ocorre após a REN ter encaixado 250 milhões de euros, no ano passado, com um aumento de capital que possibilitou financiar metade do que gastou na aquisição da atividade de distribuição de gás natural da EDP (Portgas).

A emissão obrigacionista de hoje vai permitir liquidar parte do empréstimo ponte recebido para pagar esta aquisição, que no global atingiu os 500 milhões de euros.

JS// ATR

Lusa/Fim

Deixe uma resposta