Repsol aumenta lucros em 22 % para 2.121 ME, os maiores dos últimos seis anos

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A multinacional espanhola Repsol teve um lucro de 2.121 milhões de euros em 2017, um aumento de 22 % em relação a um ano antes, explicado pela sua flexibilidade e capacidade de adaptação aos preços mais baixos do crude e do gás.

Numa informação enviada à Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola, a empresa energética comunica que o benefício líquido ajustado, que mede a evolução dos negócios, cresceu 25%, para 2.405 milhões de euros.

A petrolífera sublinha que os resultados alcançados são os mais elevados que a companhia alcançou nos últimos seis anos.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) foi de 6.723 milhões de euros, um aumento de 29% em relação a 2016 e o maior dos últimos cinco anos.

A empresa explica que os resultados de 2017 refletem a “robustez do modelo integrado da companhia, a sua flexibilidade e capacidade de adaptação aos preços mais baixos do crude e do gás”.

O negócio de exploração e produção multiplicou por 12 os resultados de 2016, alcançando os 632 milhões de euros, ajudado por importantes descobrimentos de hidrocarbonatos e um aumento da produção para 695.000 barris diários equivalentes de petróleo.

O preço da ação da Repsol valorizou-se em 10% durante o exercício de 2017, o que significa uma subida na bolsa de 46% nos últimos anos.

A Repsol realça que a empresa se converteu na primeira do seu setor em todo o mundo a emitir um título verde certificado, destinado a financiar mais de 300 iniciativas sustentáveis.

FPB // PJA

Lusa/Fim

Deixe uma resposta