Retalho – Apesar de esperar pressão descendente, mantenho a confiança na Sonae

Tiago Esteves
Conforme tenho vindo a manifestar há largos meses, estou comprado e confiante na Sonae. O título activou de forma muito clara um padrão de inversão, e tem mantido desde então uma irrepreensível linearidade técnica. Após uma correcção mais digna desse nome em finais de Janeiro, tem seguido desde então em trajectória ascendente e não parece para já querer abrandar. Abrandará certamente mais cedo ou mais tarde (mal será se tal não acontecer de uma forma controlada e espontânea), mas desde que a sequência de mínimos relativos superiores ao anterior no gráfico diário não seja violada, não há que temer uma inversão de tendência. Para já, o ponto de referência a manter sob observação está nos 78,3 cêntimos. Um pouco abaixo do ponto actual (14,5%), é verdade, mas em position trading é importante manter stops realistas sob pena de sermos expulsos da posição numa qualquer correcção minor! Correcção essa que pode estar já a desenhar-se (ou não) neste momento.

Olhando para o gráfico horário, essa possibilidade fica em aberto por estar a formar-se neste timeframe um potencial padrão de inversão de curto prazo. Nada que em princípio possa gerar uma inversão de tendência, mas certamente poderá pressionar um pouco a cotação caso seja activado. A zona chave é, neste caso, a marca dos 90 cêntimos. A sua continuidade concretizaria um padrão de consolidação, a sua quebra em baixa representará provavelmente uma correcção de curto prazo. Para quem está dentro, poderá sempre optar por fazer scaling out da posição em caso de quebra, para depois tentar reacumular no final do movimento. Um fecho definitivo só se justificará, na minha opinião, caso o suporte dos 78,3 cêntimos seja quebrado em baixa. Até prova em contrário, todas as correcções minor são oportunidades de reforço.

Deixe uma resposta