Sonae Industria e a arte de arrastar caçadores de ilusões

Tiago Esteves
Sempre que uma acção entra em modo de ultra-penny stock, os pequenos investidores parecem perder a sua racionalidade. A paixão pelo cêntimo, pelo valor da pastilha elástica, induz um efeito psicológico de “barato” que só é saciado com o clique no botão de compra. Os exemplos de como isso se tem revelado desacertado errado estão à vista, basta olharmos para o crescente número de empresas no PSI que valem actualmente menos de 1€ e a quantas delas conseguiram abandonar esse rótulo depois de o ganharem.

Tal como esperava quando escrevi o post relativo à Sonae Indústria do último sábado, a convergência para o sub-solo tem vindo a acontecer rapidamente. O que vimos hoje, uma subida intraday de 700%, tem tanto de irracional como de estratégico. Irracional da parte de quem compra um título a 9 cêntimos depois de este ter estado a 2,5 só com a expectativa de o ver subir até aos 18, e estratégico do ponto de vista de quem o quer fazer subir.  Dei-me ao trabalho de ir ver o gráfico intraday para tentar perceber o que tinha acontecido. Tal como suspeitava, em dois minutos estratégicos foi lançada a euforia. Provavelmente duas ordens ao melhor de 200 ou 300 mil euros terão varrido todas as ordens de venda disponíveis, arrasando com o livro de ordens devido à baixíssima liquidez do título. O resto do movimento deveu-se à tal irracionalidade de quem comprou só porque viu algo a subir depressa, numa perspectiva que se aproxima muito mais do que se faz num casino do que propriamente do que deve ser feito nos mercados financeiros.

O interesse camuflado? Façam as contas… para este AC ser um sucesso, é necessário convencer os investidores de que este processo é um bom negócio! O Sr. Azevedo só quer injectar 75 milhões, necessita de uma ajuda extra do povo para recapitalizar a empresa! Então, ao provocar um movimento de euforia, gerou automaticamente um fortíssimo suporte na zona dos 2,5 cêntimos, que demorará alguns dias a ser quebrado em baixa. Porquê? Porque de todas as vezes que tivermos nova aproximação a esse registo teremos quem queira arriscar-se a nova subida de 300 ou 400%. E assim se alimentará um suporte. O dinheiro que se gasta a provocar esse movimento é apenas uma fracção do que se ganha no que realmente importa. Mas, claro, isto podem ser somente devaneios meus, ou teorias da conspiração saídas do nada.

O desfecho? Não me vou alongar por esse campo, já o fiz demasiadas vezes no passado. Deixo o gráfico do Banif, precisamente nos mesmos timings. Tirem as vossas ilações…
Mesmo que corra bem, reflictam um pouco acerca do que são os vossos objectivos no mercado. Ganhar dinheiro depressa? Multiplicar o valor em carteira de um dia para o outro? Ou ser consistente? Hoje correu bem, mas e amanhã? Quantas vezes vai correr bem até que comece a correr mal? Pensem um pouco sobre isto, estou cansado de ver os pequenos investidores serem devorados sem sequer perceberem muito bem o que aconteceu! E em Portugal o que não faltam são licenciados em devoração financeira….

Disclaimer
Todos
os comentários e posts publicados neste blogue são meras opiniões pessoais, não
devendo ser confundidas com recomendações de compra ou venda. As compras e
vendas são da responsabilidade do investidor, bem como os lucros ou perdas daí
resultantes. Se necessitar de aconselhamento financeiro contacte uma entidade
ou profissional certificados pela CMVM

Comment List

  • Anónimo 08 / 11 / 2014 Reply

    Tiago,

    Passo regularmente pelo teu blog e gosto do que vejo.
    No entanto não concordo com o que escreves neste caso, comparando o caso do banir com o da Soni por um pequeno grande detalhe … O aumento de capital do Banif não foi reservado a accionistas !!!
    Não tenhas ilusões esteca
    Ital vai ser inteiramente subscrito e a empresa vai cotar em mercado entre os 4 e 6 cêntimos …
    O mercado já descontou tudo … E por fim deixo só uma pergunta : o Belmiro apresenta os resultados depois do AC porque ? Porque são maus ou já muito bons em relação ao passado recente ???? No meu ver já bons … Operação de aumento de capital para permitir entrar institucional a preco aproveitando o desespero de quem não tinha € para subscrever a operacao

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 08 / 11 / 2014 Reply

    Olá Caro Anónimo,
    Tem toda a razão, não tive esse pormenor em consideração e ele é importante. Contudo, face ao elevado factor de diluição, continuo a acreditar que tenhamos uma aproximação pelo menos aos 2-2,5 cêntimos no curto prazo. No que diz respeito aos resultados, a AF também não está boa. Dê uma vista de olhos no prospecto da operação. É dito de forma mais ou menos clara que este AC é para apagar fogos, e que as provisões que agora entrarão poderão não ser suficientes para o médio prazo.
    Sinceramente, espero estar completamente enganado, por mim todas as empresas portuguesas seriam pujantes e lucrativas. Mas a realidade tem-me condicionado tanto o pensamento que agora desconfio de todas! Boa sorte.
    Um abraço,
    Tiago

  • Daniel Pires 08 / 11 / 2014 Reply

    Bom Post Tiago Concordo plenamente na tua opiniao

    Desde que a Sonae saiu do PSI20 que foi indicado que haveria um aumento de capital,isso reflectiu-se logo no preço se nao me engano bem em julho entratanto esta semana tivemos a oportunidade de ver quais os moldes do aumento do capital…

    Eu fujo sempre do aumento de capital pelas seguintes razões:

    Precisam de dinheiro e nao tem como financiar-se ou com obrigrações ou recorrendo ao credito bancario e para uma empresa a forma mais facil é aumentar o capital…

    Tecnicamente é muito facil suster esta acção devido a pouca liquidez, basta uns 15% da movimentação diaria para "enganar" os tolos (sem ofender):

    Basta fazer um percurso por todas as acções que tiveram o aumento de capital para verificar que estatisticamente é mais vantajoso ficar de fora e comprar depois do aumento do capital…

  • José 08 / 11 / 2014 Reply

    A comparação com o Banif é despropositada. Neste caso só os detentores de ações terão direitos, portanto o preço das novas ações estará muito acima de i cêntimo. Não esqueças que para muitos investidores para terem hoje direitos a entrada inicial foi a cima de 40. O que foi negociado abaixo de 10 foi uma quantidade mínima. O Banif não é mesmo para aqui chamado.

  • Anónimo 09 / 11 / 2014 Reply

    Boa tarde Tiago,
    Excelente posts, apesar de não podermos comparar esta AC com o Banif pelo referido e para além não ter subscrição de direitos.
    Na verdade o movimento de sexta é muito estranho…pois o ajuste teórico da acção era pelos 0,0106 (que abriu incrivelmente a 0,05 e fechou a 0,066) e o valor teórico do direito 0,0654, face ao fecho 0,076 de quinta-feira.

    Há aqui uma questão muito importante e que não falas de ta e que gostaria de saber a tua opinião.
    Referes o seguinte : "Então, ao provocar um movimento de euforia, gerou automaticamente um fortíssimo suporte na zona dos 2,5 cêntimos, que demorará alguns dias a ser quebrado em baixa. Porquê? Porque de todas as vezes que tivermos nova aproximação a esse registo teremos quem queira arriscar-se a nova subida de 300 ou 400%. E assim se alimentará um suporte"

    Primeiro porque não ajusta o teu gráfico ao aumento de capital?!
    Mas a questão importantes para mim é : Entendo quando dizes "demorará alguns dias a ser quebrado em baixa", para alimentar a tal "ilusão" referida e o "próprio" sucesso do AC.
    Não sei se reparaste mas com o movimento brutal da acção a fechar a 0,066, o valor teórico do direito é de 6 euros, sim 6 euros ( D= (cotação – 0,01) x 107,14 ), logo D= (0,066-0,01)x 107,14 = 6 euros, parece "irreal", mas é real.
    Não será expectável que amanha a SONI vá por ai abaixo ou então na terça-feira dia de negociação dos direitos (pois tipo por exemplo amanha a SONI fechava pelos 0,05 ou 0,06, já reparaste no valor teórico fabuloso do direito???), se assim fosse pelos valores referidos acima, quem tem direitos certamente teria uma oportunidade de os vender, e recuperar ou até ganhar dinheiro nesta operação, incrível, mas uma realidade caso a SONI amanha se aguentasse, terça-feira na minha opinião os direitos teriam uma "pressão" vendedora ("saudável"..), dependendo do seu valor, mas claro o mercado é que é soberano, vamos lá ver. Ou alguém vai continuar a alimentar o AC, de dar uma “prenda” a quem tem Direitos?!
    Outra questão, na tua análise anterior da SONI excelente, foi feita à posterior ou reparares na altura do anúncio do AC em Maio?! É que nessa altura dava para fazeres lucrativa posição curta naquela Gap Down..;-)

    Agradeço a tua opinião Tiago.
    Abraço
    Pedro

Deixe uma resposta