Sector Bancário – ING

Tiago Esteves
Está na altura de revisitar o sector bancário. Antes de irmos à banca Nacional, olhemos para o benchmark ING. Em primeiro lugar as boas noticias! A força ascendente do título permitiu-o ultrapassar o máximo relativo no gráfico diário, o que representou um inequívoco sinal de pressão compradora. Nesse trajecto acabou por activar um mini duplo fundo.

Agora as más notícias, ou os sintomas de preocupação. A zona de retracção que gerou o corrente movimento de baixa representa a segunda zona de resistência no gráfico diário. Em consonância, temos aquilo que parece ser um H&S top no gráfico de 4 horas a ser activado. Difícil de ver no gráfico diário, claríssimo no gráfico de 4h. Ora, havendo um duplo fundo e um H&S, qual dele devemos valorizar? O último, sem dúvida. Havendo coincidência no timeframe, é ao último acontecimento que deveremos atribuir uma maior valorização. Assim, a haver um compromisso dos 12,82 e a não recuperação dos 13,67, é provável que em breve o ING se reaproxime de mínimos.

Deixe uma resposta