Sentimento de Mercado (06/12) – Risco não cativa investidores

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
A sessão de ontem em Wall Street estava preparada para ser um dia de rebound das tecnológicas, e assim foi até à hora do almoço, altura em que o sector chegou a estar a ganhar 1,2%, contudo a pressão vendedora do dia anterior no grupo que mais valorizou este ano regressou, só que desta feita os investidores preferiram recolher os lucros e não rodar o capital para outros sectores, como por exemplo os que serão mais beneficiados pela lei da reforma fiscal nos EUA, aliás o Russel 2000, que é considerado aquele com maior potencial para beneficiar com menores impostos, devido à maior carga de empresas de “porte” médio, acabou o dia com uma queda de -1,02%, ou seja ontem foi mesmo para ficar nas linhas laterais, provavelmente um movimento que se poderá repetir até aos non-farm payrolls de sexta-feira. Importa no entanto realçar de que este movimento de vendas após o desfecho de um evento muito antecipado se enquadra dentro da teoria do comprar no rumor, ou na probabilidade, e vender na notícia.

Apesar da aversão ao risco, o certo é que os activos refúgio também não acolheram muitos interessados, com o Yen a ceder -0.1% para os 112.57 por dólar ao passo que o Ouro recuou para o mínimo de um mês nos $1,269.50 por onça, facto que indicia não uma antecipação de uma correcção mais acentuada, mas sim um “esperar para ver” ou uma consolidação sem sobressaltos. Nas commodities destaque para a continuação da queda nos principais metais que os levou a um recuo de -2,7% para o mínimo de 2 meses, já o crude avançou 0,3% para os $57.63 por barril com os investidores ainda a digerirem o acordo entre a OPEP e a Rússia, e em vésperas de se saber o estado do inventário do activo nos EUA. No Forex o dia foi uma continuação da sessão anterior, com o U.S dólar a valorizar, ontem 0,2%, ao passo que o Euro e a Libra desvalorizaram -0.3% ambas, para os $1.1826 e $1.3446 respectivamente, devido às incertezas quanto ao alcançar de um acordo com vista ao Brexit. Tema que será hoje discutido em Bruxelas e onde o colégio de comissários fará a sua recomendação quanto ao futuro das negociações.

______________________________________________________________________________

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta