Sentimento de Mercado (24/11) – Fraca liquidez devido ao Thanksgiving

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade

Como indiquei provável, na análise de ontem, as principais praças mundiais passaram pelo feriado do Thanksgiving em Wall Street, de forma cautelosa, com excepção para a praça chinesa, com o Shenzhen composite a ceder -2,9%, devido às novas regras de liquidez impostas pelo governo, bem como por causa da subida dos juros da dívida chinesa a 10 anos, que tem subido quase ininterruptamente nos últimos 2 meses, ultrapassando ontem os 4%, este é certamente um tema a seguir com muita atenção e cautela, visto as probabilidades de um movimento de correcção exacerbado serem elevadas, em virtude da valorização que o mercado chinês tem tido e as dúvidas existentes quanto à saúde do sistema financeiro, nomeadamente por causa do buraco “negro” do shadow banking.

Na Europa, o Stoxx 600 terminou inalterado, em linha com a maioria das praças, enquanto que o CAC40 sobressaiu pela positiva, com a valorização superior a 5% da Electricite De France, que foi mesma a maior da Europa, a dar o mote para o optimismo. No Forex, o Euro foi o rei das subidas entre as principais moedas ao adicionar 0,3% para os $1.1852, no dia em que foram conhecidas as minutas do BCE, relativas à última reunião do banco central. O documento revelou uma decisão “pacifica” de extender o período de tempo para a compra dos activos, contudo o mesmo já não se passou com o manter da ideia de fim indeterminado do programa, receando que tal venha a criar expectativas infundadas, numa altura em que o balanço do banco atinge os €2.2 triliões.
Para hoje não é de esperar grandes movimentos nos mercados accionistas, sendo que os sectores ligados ao consumo poderão estar mais activos, devido ao Black Friday e à antecipação da Cyber Monday

______________________________________________________________________________

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta