Sentimento de Mercado – Bulls seguram Wall Street

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Nem quedas nos títulos de algumas empresas importantes, nem o risco de um shutdown parcial do governo norte-americano foram suficientes para impedir que os Bulls puxassem Wall Street para um dia positivo. Nem mesmo a desvalorização de -3,99% da IBM e de -1,83% na American Express, devido ao impacto negativo da reforma fiscal na tecnológica e ao primeiro prejuízo dos últimos 25 anos na financeira, impediram o Dow Jones, nos quais o comportamento negativo destas foi mais evidente, de se livrar do vermelho. Já o abrangente S&P500 e o tecnológico Nasdaq averbaram novos máximos históricos, com os três principais indices norte-americanos a registar ganhos entre os 0,84% e os 1,04% na semana. O Russell 2000 adicionou 1,33%, e está claramente mais activo nesta fase inicial do ano em virtude do maior impacto que a reforma fiscal trará para as empresas que o compõem, em relação às big caps.
Na Europa o dia também foi de alta, com o Dax 30 a dobrar a valorização do Stoxx 600 com um avanço de 1,15% vs 0,54% do índice pan-europeu, bons dados relativos ao excedente comercial da zona Euro e a possibilidade de um acordo na Alemanha para a formação de um governo, anularam a queda nas vendas a retalho de Dezembro no Reino Unido. No Forex o impasse politico na aprovação do orçamento que levou ao inicio do shutdown nos EUA, pressionou a moeda norte-americana durante a madrugada, contudo nas primeiras horas de sexta-feira o U.S dólar já tinha anulado as perdas conseguindo aguentar uma valorização, embora mínima, até ao final, terminando com um ganho de 0,1% contra um cabaz de outras moedas principais, dobrando esse valor contra o Euro, que cedeu terreno até aos $1.222, tal como aconteceu com a Libra inglesa, que recuou para os $1.3863, após diversas sessões consecutivas de valorização. Esta semana teremos decisões sobre taxas de juro por parte do Banco do Japão na terça-feira e na quinta-feira será a vez do BCE, com as possíveis indicações quanto ao futuro do programa de estímulos a ser um dos pontos essenciais para os investidores.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta