Sentimento de Mercado – Eleições dominam o dia em Wall Street

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade

Em dia das importantíssimas eleições intermédias para o Congresso dos EUA, que podiam resultar num impasse das politicas de Trump, Wall Street navegou por mares bastante controlados com os três principais índices a terem um comportamento muito similar a partir da hora de almoço, contrariamente ao que tem ocorrido nas últimas semanas, terminando com uma diferença de apenas 0,05% entre o que mais valorizou, o Dow Jones e o S&P500, que ficou no fim das preferências dos Bulls ao adicionar 0,63%. Com um volume de apenas 6,85 biliões de transacções, muito abaixo da média de 8,7 biliões dos últimos 20 dias de trade, e sem notícias relevantes de índole empresarial ou económica, o sentimento dominante foi o de esperar para ver o resultado das eleições, até porque amanhã é dia de decisão para o FED e iniciar posições com tanta incerteza já não é assim tão comum como era há cerca de um mês quando os Bulls estavam claramente na mó de cima.

Não obstante a cautela, todos os sectores do S&P500 averbaram ganhos com destaque para os mais sensíveis às questões comerciais, como os materiais e industriais, que lideraram com ganhos acima dos 1%. No Forex os movimentos também estiveram contidos com a excepção da Libra Inglesa que voltou a valorizar, desta feita 0,4% para os $1.3096, numa sessão em que o U.S recuou -0.1% contra um cabaz de outras moedas principais.

Para hoje e tendo em conta os resultados das eleições que mantiveram o controlo do Senado nas mãos dos Republicanos que suportam Trump, mas que deram o controlo da House of Representatives aos Democratas, não é de esperar grandes movimentações como seria expectável caso ambas as câmaras virassem de lado. Estatisticamente após as eleições intermédias Wall Street tem um comportamento bullish, mesmo com o Congresso dividido, contudo vivemos tempos diferentes, e a passadeira vermelha já não estará estendida para Trump, sendo de esperar o aproveitamento pelos Democratas de todas as pontas soltas, como as várias questões jurídicas pendentes e que tinham sido ignoradas pelos Republicanos, para atacar o presidente, aliás já hoje de madrugada se falava nisso em quase todos os debates. Ainda assim só mesmo as próximas semanas poderão validar se a história bullish se mantém ou se desta vez será diferente. Independentemente disso a volatilidade poderá aumentar em relação ao dia de ontem.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta