Sentimento de Mercado – Indecisão volta a dominar Wall Street

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Naquela que está prevista ser a melhor earnings season dos últimos 7 anos, o sentimento continuou ontem a ser de cautela devido à indecisão causada por diversos elementos contraditórios, não apenas a questão da subida dos juros, que ontem voltaram a quebrar em alta a barreira dos 3% nas obrigações soberanas dos EUA a 10 anos, mas igualmente na qualidade dos resultados, que apesar de serem bons quanto ao primeiro trimestre, têm revelado pouco optimismo quanto ao resto do ano, algo que referi antes de começar a earning season como uma possibilidade que iria baralhar as contas dos investidores e é para já o que têm acontecido. Ontem tal como nos dias anteriores as tecnológicas estiveram sobre maior pressão vendedora, apesar dos resultados acima do esperado da Twitter, que não impediram uma queda de -2,4% dos títulos da empresa, em relação aos outros dois principais índices de Wall Street o dia foi ligeiramente mais positivo, embora por muito pouco e devido à performance dos títulos da Boeing e da Walt Disney, que deram ao Dow Jones o melhor registo do dia.
Como referi ontem era relevante estar com atenção ao movimento da moeda norte-americana, em virtude da subida dos juros e se na sessão de terça-feira a variação foi negligenciável, na quarta o greenback adicionou 0.4% ao seu valor contra um cabaz de outras moedas principais, num dia em que os juros a 10 anos chegaram aos 3.03%, contudo é de realçar que o mercado não espera uma subida muito agressiva desta taxa até ao final do ano, com o consenso por agora a estar nos 3,25%, isto claro seguindo na escala programada pelo FED para a subida das suas taxas directoras. Euro, Yen e Libra inglesa cederam terreno perante o U.S dólar, -0.5% nos dois primeiros casos e -0.3% para a moeda inglesa que atingiu o mínimo de mais de um mês.

Para hoje há a destacar a decisão do BCE em relação aos juros, mas com os investidores mais focados nos detalhes sobre o programa de estímulos.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta