Sentimento de mercado – Investidores aguardam por novidades numa semana importante

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade

Em dia de reunião do FED, que só terminará amanhã, o sentimento do mercado manteve-se dentro da linha da sessão de segunda-feira, praticamente inalterado e bem distante do registado na sexta, ou seja depois de novos máximos históricos os investidores continuam agora à espera de catalisadores que lhes permitam justificar uma nova onda de compras, num cenário em que os títulos das empresas estão longe de estar interessantes ao nível das avaliações, isto porque apesar da economia norte-americana estar a crescer os lucros empresariais basicamente estagnaram em 2019, face ao alcançado no ano anterior, ao mesmo tempo que Wall Street continuou a sua caminha ascendente, justificando assim a divergência e o facto do mercado estar bastante mais “caro”, mesmo com a ajuda da recompra de acções próprias.
Se da reunião de quarta-feira não se esperam novidades quanto à taxa de juro cobrada pelo FED, já o outlook para 2020 será um tema relevante para os analistas, nomeadamente o chamado “Dot Plot”, que dá uma indicação sobre as expectativas dos membros do board quanto à taxa média que deverá vigorar nos próximos 12 meses, permitindo antecipar se é esperada uma continuação da mentalidade dovish ou se será um ano de pausa nas mexidas nos juros. Já na Europa os principais índices terminaram com perdas ligeiras, ignorando a notícia do Wall Street Journal sobre a possibilidade dos EUA adiarem a efectivação de novas tarifas alfandegárias que poderão entrar em vigor no Domingo.
Parte da cautela que dominou nas praças europeias adveio das eleições para o Reino Unido marcadas para Quinta-feira, de onde não se antevê uma clarificação de quem irá dominar o Parlamento, ou mesmo é dizer, não se irá desfazer o imbróglio que já dura há mais de dois anos sobre o Brexit, visto que mesmo com maioria, Boris Johnson pode não vir a ter os votos necessários para cumprir com a promessa de levar à avante a saída do Reino Unido da União Europeia, agudizando os problemas económicos que já se começam a fazer sentir, nomeadamente no sector do imobiliário.


A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta