Sentimento de Mercado – Juros quebram os Bulls

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Depois da recuperação de terça-feira, Wall Street voltou ontem a cair de forma significativa levando com a onda vendedora a prespectiva dos Bulls em conseguir segurar os índices perto dos seus maximos históricos, e sem entrar no campo da correcção técnica. Com a queda de -3,75% de quinta-feira o S&P500 não só limpou os ganhos do ano, como atingiu uma desvalorização de 10% face ao topo atingido no final de Janeiro. O Dow Jones voltou a perder mais de 1,000 pontos, enquanto que o tecnológico Nasdaq cedeu -3,9%, ou seja foi um deja vu da recente Black Monday.
A causa do mar vermelho voltou a ser a taxa de juro, nomeadamente as obrigações soberanas norte-americanas que atingiram os 2,88%, depois de mais um leilão a 10 anos onde a procura ficou abaixo das previsões. Estamos pois numa fase onde os investidores estão a corrigir os seus portfolios incorporando um futuro de médio prazo com um FED provavelmente mais agressivo no movimento de subida, ou hawkish. O pessimismo não se ficou pelos EUA e nos ultimos dias o mercado global perdeu cerca de $5 trilioes. Caso Wall Street termine perto dos valores de ontem será a pior semana para os Bulls desde a crise financeira.
No Forex o dia foi mais calmo com o U.S Dólar a ganhar ligeiramente face a um cabaz de outras matérias-primas, perdendo no entanto -0,2% versus a libra inglesa para os $1,3905 e -0,4% para o Yen, que avançou até aos 108,85.
Para hoje e de novo a cautela deverá ser tida em conta, especialmente com posições alavancadas.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta