Sentimento de mercado – Optimismo prevalece em dia de State of the Union

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade

Com algumas das principais praças asiáticas fechadas devido a feriado, foi da Europa que surgiram os principais ventos de optimismo que fizeram navegar os Bulls na sessão de ontem, muito por causa dos bons resultados que saíram de algumas empresas como a BP, Pandora e Assa Abloy, com a petrolífera a dar um forte impulso ao sector do petróleo e do gás, com um peso especial no Footsie, o que aliado à desvalorização da Libra inglesa valeu à praça londrina a melhor performance do dia com um ganho de 2.04%, não obstante os dados pouco animadores relativos a Janeiro no sector dos serviços no Reino Unido, que reforçaram a percepção de um arrefecimento da economia local a menos de dois meses da data limite para o Brexit. Já o Dax30 avançou 1,71%, ainda assim cima dos 1,41% atingidos pelo abrangente Stoxx600, com uma melhoria da actividade no sector dos serviços na Alemanha pela primeira vez em 4 meses.
Em Wall Street de realçar o bom comportamento da Apple e da Microsoft que mais que anularam o pessimismo dos resultados da Google, conseguindo mesmo contagiar os títulos da gigante da publicidade para que invertessem o seu sentido um pouco antes da hora de almoço, terminando com um ganho ligeiramente superior a 1%, facto que possibilitou ao Nasdaq a maior subida do dia. Na vertente dos resultados destaque para os bons números da Estée Lauder e da Ralph Lauren, uma indicação de que o mercado de bens de luxo não foi afectado pelo arrefecimento da economia chinesa. Contudo há um dado importante a reter desta earnings season que vai a meio caminho, é que se os resultados relativos ao último trimestre de 2018 estão ligeiramente acima do previsto anteriormente, o certo é que é agora antecipada uma contracção de -0.8% nos lucros das empresas para este primeiro trimestre em curso, quando no início de Outubro do ano passado esse valor era de um crescimento de 6,7%.
Sem grandes novidades nas declarações de Trump no tradicional State of the Union, os investidores estarão mais susceptíveis às notícias económico-empresariais que vão sair.


A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta