Sentimento de Mercado – Pausa em Wall Street

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Apesar dos principais índices norte-americanos terem terminado a semana passada com ganhos no dia, o certo que os movimentos foram pouco expressivos numa sessão onde o sentimento dominante foi o da cautela, com os investidores a preferirem uma pausa, divididos entre excelentes resultados empresariais e as nuvens cinzentas de uma guerra comercial entre os EUA e a China. O Dow Jones obteve a melhor performance do dia ao valorizar 0,54%, beneficiando do comportamento muito positivo da IBM e da subida ligeira da Apple, esta última recordo atingiu na quinta-feira a marca do $1 trilião de capitalização, mas apesar desse facto a empresa co-fundada por Steve Jobs transacciona a múltiplos baixos, inferior a 16 vezes os lucros dos próximos 12 meses, número muito mais baixo que os cerca de 84 vezes da Amazon. As small caps representadas pelo Russel 2000 recuaram -0.52%, ou seja um comportamento pior do que o das empresas mais afectadas pela guerra comercial, um facto interessante visto ter sido conhecido que a China vai retaliar contra a última imposição de tarifas pelos EUA, com um agravamento de taxas em cerca de $60 biliões de produtos importados dos EUA.
Nas noticias de economia os dados dos non-farm payrolls desiludiram aos saírem nos 157,000 empregos criados, abaixo dos 190,000 esperados, enquanto que a taxa de desemprego caiu uma décima para os 3,9% ou perto de mínimos de 50 anos. Muito relevante o facto dos salários terem mantido um aumento anual de 2,7%, não colocando pressão adicional para uma mexida mais agressiva do FED e mantendo a expectativa de uma subida em Setembro acima dos 90%, o que ajuda a explicar a ligeira queda de -0.1% no valor do U.S dólar contra um cabaz de outras moedas principais. O Yen recuperou 0,4% para os 111.23 depois de durante a semana sucumbir à pressão vendedora após o Banco do Japão ter anunciado uma postura dovish para os próximos tempos. As energéticas tiveram uma sessão no vermelho e foram o único sector do S&P500 a ceder terreno ao cair -0.47%, muito por causa da desvalorização do crude que empurrou o WTI para um deslize de -0.4% nos $68.67 por barril.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta