Sentimento de Mercado – Resultados e Facebook dão vida a Wall Street

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Depois de há duas semanas ter sido responsável por boa parte do pessimismo que atravessou o sector das tecnológicas, o Facebook compensou ontem parte do estrago ao valorizar mais de 4% depois de um relatório que referiu a perspectiva de novos serviços na maior empresa de social media, que recordo anunciou dados decepcionantes ao nível do número de subscritores. O Nasdaq acabou o dia com a maior subida entre os principais índices ao averbar um ganho de 0,61%, enquanto que a tecnologia do S&P500 registou a segunda melhor performance para os Bulls, logo a seguir às empresas retalhistas de produtos não essenciais e antes das financeiras, que não obstante uma queda nas yields do tesouro norte-americano, beneficiaram dos bons resultados apresentados pela empresa de Warren Buffet, a Berkshire Hathaway, conglomerado que aumentou os lucros em mais de 60% e que vale agora cerca de $500 biliões.
As energéticas valorizaram 0,34% no mesmo sentido do comportamento do crude, que avançou 0,5% no WTI para os $68.83 por barril. Nas restantes commodities destaque para o Ouro que cedeu -0.7% para os $1,215 por onça, com os investidores a desfazerem-se do metal em parte devido à menor procura por activos refúgio, movimento que levou o Yen a ceder -0.2% para os 111.44. No Forex destaque ainda para a queda de -0.5% na Libra inglesa para os $1.294, com as perspectivas a serem cada vez mais favoráveis a um Hard Brexit. Igualmente interessante foi o comportamento do Dólar canadiano, que esteve a ceder -0.4% e que terminou nos $1.3006 face ao U.S dólar, após a Arábia Saudita ter decidido suspender as relações diplomáticas e novos acordos comerciais com o Canadá.
Esta semana estará de novo centrada nos earnings, sabendo desde já que com cerca de 80% das empresas do S&P500 a bateram as previsões dos lucros, esta será quase de certeza mais uma época de resultados muito boa.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta