Sentimento de Mercado – Dia não para os Bulls

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Um outlook abaixo das previsões dos analistas dado pela Taiwan Semiconductor Manufacturing foi o suficiente para condicionar na quinta-feira Wall Street com destaque para o sector tecnológico. O importante fabricante de chips anunciou receitas para o segundo trimestre de quase 1$ bilião a menos do que os antecipados $8.8 biliões, referindo menor procura no sector dos smartphones de topo onde é parceiro da Apple e uma expectativa mais conservadora para o mercado de mineração de criptomoedas, onde é parceira da Nvidia. Como seria de esperar a queda dos títulos destas empresas na ordem dos -3% contaminou todo o sector empurrando o Nasdaq para uma desvalorização de -0.78%, enquanto que as tecnológicas cederam -1.13% no S&P500.
Ainda assim bastante menos negativo que o registo do sector de produtos essenciais que recuou -3.14%, devido aos maus resultados anunciados pela Philip Morris e Procter & Gamble, para além da subida da taxa de juro da dívida norte-americana que chegou aos 2,93% a 10 anos. Subida essa que em conjunto com bons resultados apresentados pela American Express permitiu ao sector financeiro um ganho de 1.52%, visto que é um grupo que beneficia com juros mais elevados em virtude de maior margem no negócio de empréstimos. No Forex o U.S dólar teve um dia positivo recuperando 0.5% de valor em relação a um cabaz de outras moedas principais, o que empurrou a moeda única para um deslize de -0.2% nos $1.235, enquanto que a Libra continuou o retracement recente cedendo -0.8% para os $1.41. Apesar do pessimismo ontem nos indices norte-americanos a procura por activos refúgio foi residual com o Yen e o Ouro a perderem valor. Nas commodities foi dia de correcção para o Nickel que tinha valorizado acentuadamente na quarta-feira.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta