Sentimento de Mercado – Volatilidade domina Wall Street

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade
Em contraste com o cenário de boa parte do ano passado, Wall Street tem estado nos dois últimos meses numa fase bastante interessante para o negócio de trade com a volatilidade a fazer parte do dia a dia dos mercados, o que abre espaço para um maior número de oportunidades de negócio, ao mesmo tempo que reforça o final do período em que o Bull market era inquestionável. Sem grandes razões fundamentais para um sentido definido os investidores estiveram ontem divididos entre o retirar risco do sector tecnológico e os bons dados sobre a economia norte-americana, que revelaram um crescimento do PIB de 2,9% no último trimestre de 2017, acima dos 2,7% previstos anteriormente, com a melhoria no consumo a ser o motor da diferença ao subir para os 4% em vez dos 3,8% indicados anteriormente. A volatilidade no Nasdaq atingiu ontem a maior diferença em relação ao S&P500 dos últimos 13 anos, facto bem revelador do factor de instabilidade vindo do sector que melhor performance obteve o ano passado e no Bull market que perdura desde 2009.
Ontem as FANG´s estiveram de novo em destaque pela negativa, condicionadas pela notícia de que Trump estará a pensar “atacar” a Amazon ao nível do seu regime fiscal. Destaque para o rombo de quase -8% nos títulos da Tesla, numa altura em que a dívida da empresa fundada por Elon Musk está sobre forte pressão vendedora, empurrando os yields para valores acima dos 7,5%, bem superiores à média. Movimentos que seguem após o acidente fatal com um dos seus carros autónomos e um downgrade dos títulos da empresa. Os bons dados económicos impulsionaram o sector do consumo de produtos essenciais para uma valorização de 1.38% e um reforço do valor do U.S dólar, que ganhou ontem 0,6% contra um cabaz de outras moedas principais, empurrando o Euro para um deslize de -0.8% terminando o dia nos $1.2301, enquanto que o Yen afundou -1.5% para os 106.97. O mesmo registo obteve o Ouro, que cedeu -1.5% para os $1,325 por onça, reforçando a ideia de que apesar da volatilidade os investidores reduziram nos activos refúgio.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta