Sentimento de Mercado – Tecnológicas volta a condicionar o sentimento

Marco Silva

Marco Silva

, Actualidade

A sessão de quinta-feira foi em boa parte similar à do dia anterior, o sector tecnológico foi o que puxou pela pressão vendedora enquanto que o Dow Jones foi o único a escapar ao vermelho. A principal nuance foi uma ligeira melhoria nas perdas enquanto que nos protagonistas o sector dos semicondutores foi o que mais contribuiu para o pessimismo nas tecnológicas, após a Morgan Stanley ter referido que os fundamentais do sector estão a piorar enquanto que um executivo da KLA-Tencor apontou para um recuo no sector das memórias, resultado, o PHLX Semiconductor ETF afundou -2,8%, com perdas de quase 10% em alguns dos principais componentes do índice, como a Micron e KLA-Tencor. Apesar do recuo de ontem, que elevou o deslize na semana para cerca de -2% e que levou os pesos pesados Apple e Amazon para quedas de -1.7% e -1.8%, o sector tecnológico continua com a melhor performance neste ano, na onda de uns saudáveis 16% de valorização.

Tal como na quarta-feira, ontem os mercados emergentes voltaram a ceder terreno, desta feita pela sétima sessão consecutiva e elevando o “prejuízo” para perto de 20% de retracção deste os máximos recentes, ou seja perto de entrar no território dos Bears. No Forex a performance deste grupo foi mais risonha com o MSCI Emerging Markets Currency Index a subir 0.1%, com o peso Argentino em movimento de rebound e com uma subida de 0.7% do rand sul africano para os 15.324, num dia em que o U.S dólar recuou -0.2% e o Yen avançou 0,6%. A movimentação da moeda nipónica deveu-se a uma notícia do Wall Street Journal que deu conta da possibilidade do presidente Trump voltar o seu ímpeto proteccionista para o Japão. Para hoje destaque para os non-farm payrolls que poderão fazer mexer os diversos mercados, com destaque para o Forex, numa altura em que os volumes regressaram já a níveis normais de negociação.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta