Sentimento de Mercado – Wall Street em dia de rebound

Agência Lusa

Agência Lusa

, Actualidade
Após três sessões a perder as tecnológicas deram ontem um ar da sua graça em dia de rebound geral. Apesar do Nasdaq ter sido o índice que mais ganhou dos principais, foi o sector industrial o que mais beneficiou com a notícia da Bloomberg de que o secretário do tesouro dos EUA, Steven Mnuchin e o vice-presidente chinês, Liu He estão a encetar conversações no sentido de retomar as negociações sobre o conflito das tarifas comerciais que opõe as duas maiores economias do mundo. No S&P500 o sector do imobiliário foi o que mais valorizou logo a seguir ao industrial numa sessão em que apenas três sectores terminaram no vermelho, liderados nas perdas pelas telecoms, a consolidar depois de ganhos acentuados nas últimas sessões.
Destaque para o comportamento acima da média das small caps com o Russell 2000 a subir 1,2% na sessão que terminou o mês de Julho, período esse que foi bastante proveitoso para o S&P500 e Dow Jones, que tiveram o melhor comportamento desde Janeiro ao valorizarem 3.6% e 4,7% respectivamente, já o Nasdaq ficou-se por um avanço de 2% com as últimas sessões a prejudicarem o grupo depois dos mais resultados do Facebook. Movimento bearish que poderá ser invertido após a Apple ter divulgado lucros e receitas acima do previsto o que empurrou os títulos da fabricante dos iPhones para ganhos superiores a 3% no after-hours, o que poderá condicionar positivamente o sentimento nas praças durante o dia de hoje. No Forex o dia foi calmo com realce para o movimento do Yen, que cedeu -0.6% para os 111.76 depois do Banco do Japão ter mantido as medidas de estímulos e a taxa de juro inalterada, embora passe a permitir uma variação ligeira da mesma.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta