Sentimento de Mercado – Wall Street faz pausa com optimismo

Agência Lusa

Agência Lusa

, Actualidade

Ainda em período de férias e sem notícias relevantes, Wall Street navegou ontem por território positivo ainda que sem grande convicção, num aproveitar dos ventos de optimismo que saíram do acordo comercial entre os EUA e o México, que se espera se estenda agora num acordo tripartido com o Canadá. S&P500 e Nasdaq registaram novos máximos de fecho mas por uma margem muito reduzida que teve no índice tecnológico a maior expressão com apenas 0,15% de valorização, num dia em que os investidores estiveram indecisos entre o encaixar os ganhos recentes ou esperar por mais uma onda significativa de pressão compradora, numa fase em que o risco de uma guerra comercial se reduziu ligeiramente e com a economia norte-americana numa expansão saudável sem grandes preocupações inflacionistas, contudo uma boa parte do mercado espera por uma correcção significativa do maior bull market da história dos índices norte-americanos.

No S&P500 o sector do imobiliário liderou nos ganhos com uma subida de 1,19%, enquanto que as telecoms e energéticas foram as empresas que mais perderam valor com quedas de -0,48% e -0,45%, estas últimas em linha com a desvalorização de -0,3% no preço do WTI crude para os $75.96 por barril. No Forex o U.S dólar adicionou 0,2% contra um cabaz de outras moedas principais na vésperas de ser conhecido o crescimento económico dos EUA no segundo trimestre, que se espera tenha sido um pouco inferior ao do período anterior. Destaque para a queda de -1.7% do peso mexicano para os 19.0985 num movimento que eliminou os ganhos que a moeda tinha alcançado devido ao acordo comercial.

A análise ao sentimento de mercado é patrocinada por Activtrades

Deixe uma resposta