Sonae Indústria a retrair à zona de suporte

Tiago Esteves
Lembram-se da análise à Sonae Indústria, em Novembro passado? Olhando em retrospectiva é bastante clara a força do breakout. Aquele volume não me deixa grandes dúvidas, estamos perante um arranque após fundo arredondado. Este update surge num momento em que tudo aponta para que estejamos a viver uma retracção à poderosa zona de resistência anteriormente quebrada (agora zona de suporte).

Eu sei que parece assustador para quem está dentro assistir a uma correcção de 18% em pouco tempo, mas olhando para o gráfico semanal o que se vê? Nada mais do que uma natural retracção! Assim o creio, e só alterarei essa visão caso os 55 cêntimos sejam quebrados em baixa. O potencial de subida desta cotada é muito significativo e eu mantenho a minha posição sem qualquer alteração face à aquisição inicial (pondero agora um reforço). 

Quando fazemos um trade tendo por base o gráfico semanal há dois factores fundamentais para o sucesso: Ter uma posição pequena e ter muita paciência. A menor exposição permite-nos deixar o stop longe o suficiente para não ser apanhado nas pequenas correcções do mercado. A paciência ajuda-nos a esperar semanas, meses ou anos, se for o caso, caso a posição corra a nosso favor. Este padrão de inversão iniciou-se há mais de dois anos, o mínimo que podemos fazer é esperar outros dois anos para vermos se a inversão realmente se efectiva!

Comment List

  • FilipeBS 13 / 02 / 2014 Reply

    Caro Tiago,

    Obrigado por mais esta análise.
    Eu sei que não te guias pelos fundamentais, mas antes de eu me meter num trade, gosto sempre de ter, pelo menos, uma ideia, vaga que seja, sobre os mesmos.

    Se se entrar num trade com um target técnico bem definido e um horizonte temporal de curto prazo, compreendo que os fundamentais sejam praticamente irrelevantes.

    Mas se se entrar no trade sem horizonte temporal bem definido (podemos começar por ter em vista um trade de curto prazo, mas depois acabar por se converter num trade de maior prazo caso as coisas corram bem), então convém ter pelo menos uma vaga ideia dos fundamentais.

    Ora, em termos de fundamentais, esta empresa basicamente tem dado prejuízo há muito anos. Procura-se por noticias no google news, e nada. A única coisa que se sabe foi que, muito recentemente, duas fábricas em França foram vendidas.

    Já desde 2009 que a SONI se tem desfazido de investimentos em França, Brasil, Espanha e UK (fonte: site da SONI).

    Nas projecções da Financial Times, estima-se uma pioria dos resultados de 2013 face a 2012, e continuação de prejuízos para 2014…

    (Se não pertencesse ao grupo Sonae, às tantas a SONI já tinha declarado falência…)

    Tecnicamente, se a cotação se aproximar novamente à zona do suporte, trata-se sempre um ponto interessante de negociação, dado o favorável ratio ganho potencial /perda potencial. E nada nos obriga a ficar agarrados ao papel caso a cotação desça abaixo do nosso ponto de saída, com prejuízos sob controlo.

    Mas, mesmo assim, gostava de ter uma ideia melhor sobre as perspectivas desta empresa, para não entrar simplesmente às cegas.

    Abraço!

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 13 / 02 / 2014 Reply

    Olá Filipe,
    Não posso discordar da tua perspectiva, faz todo o sentido! Eu próprio me agarro muitas vezes aos fundamentais quando faço uma entrada de longo prazo. Neste caso é de facto difícil vislumbrar algo que nos permita ter esperança num potencial de futuro risonho. Também não é menos verdade que por vezes o gráfico reage muito antes de surgirem sinais de recuperação a nível fundamental. É por essa reacção que espero, neste caso a minha entrada é 100% técnica.
    Abraço

Deixe uma resposta