Subsidiária espanhola dos CTT condenada a 3,1 ME por alegado cartel

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A Tourline Express, subsidiária espanhola dos Correios de Portugal – CTT, foi condenada a uma multa de 3,1 milhões de euros por “alegada prática de cartel”, divulgou o grupo português, assegurando que a companhia vai recorrer da decisão.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o grupo CTT indica que a Tourline Express “foi hoje notificada da decisão da Comisión Nacional de los Mercados y la Competencia [autoridade da concorrência espanhola], no âmbito de um processo iniciado contra 10 empresas a atuar no mercado de expresso e de encomendas em Espanha”.

No caso da Tourline Express, a multa aplicada foi de 3,1 milhões de euros por “alegada prática de cartel” com a empresa ICS International Courier Solution entre outubro de 2013 e abril de 2016.

Contudo, “a Tourline considera infundada a referida decisão, pelo que irá apresentar recurso no tribunal judicial competente”, adianta o grupo CTT.

ANE// ATR

Lusa/Fim

Deixe uma resposta