The Navigator Comp continua a crescer sustentavelmente

Tiago Esteves
Após análise ao sector da Banca, passemos agora ao sector do papel, cortiça e derivados. Comecemos com uma das minhas favoritas, a Navigator. O título está fortíssimo, em clara tendência ascendente de médio prazo. E a linearidade com que segue o seu percurso dá gosto de ver! Eu tinha deixado na última análise menção à referência dos 3,4€ como aquela de maior interesse e importância para o título (pela falta de melhores), e a verdade é que não temos para já muito mais forte em termos técnicos. Temos, ainda assim, uma movimentação desse ponto para um semelhante constituído mais acima, nos 3,68€. Nada mau, mais de 8% capitalizados entre os dois pontos! Uma vez mais, a leitura é semelhante. Não faz sentido na minha opinião sair a 100% da posição nesta fase, mesmo que o ponto de referência seja quebrado (a menos que existam sinais de reversão, por exemplo, através da activação neste ponto de um H&S top). Enquanto o título estiver com tendência ascendente, podemos ir flexibilizando o tamanho da posição, mas mantendo uma estrutura base.
O gráfico horário permite-nos uma leitura semelhante deste bom momento, com a referência dos 3,8€ a mostrar-se também aqui decisiva para o curto prazo. A este nível vê-se já que é um suporte importante, e que a sua quebra poderia ter consequências negativas. A mais curto prazo há uma pequena zona de suporte entre os 3.90 e os 3.92 que poderá sustentar o título ou sinalizar antecipadamente uma pequena correcção. Apesar destes sinais de alerta a que convém ficar atentos, o meu optimismo no título mantém-se e tudo indica que para já, mais cedo ou mais tarde, novos máximos de curto prazo venham em breve a ser feitos.

 

Deixe uma resposta