Tribunal de Madrid condena Banco Popular a pagar 2ME por danos a clientes

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

O tribunal de Madrid condenou a divisão da banca privada do Banco Popular a pagar 2,1 milhões de euros por danos a clientes que subscreveram obrigações convertíveis em ações entre 2007 e 2009.

O tribunal considera que não foi dada aos clientes informação exaustiva sobre um produto “de difícil compreensão”. Considera que os utilizadores não tinham conhecimentos financeiros suficientes e necessários para entender a complexidade.

Segundo a sentença, citada pela agência EFE, os clientes insistiam na necessidade de ser indemnizados pelo Banco Popular, que comercializava um produto “não adequado ao perfil do cliente” e sem “o teste adequado de conveniência”.

Contudo, o Banco Popular defendeu ter cumprido o seu dever de informação.

Mas, segundo a sentença, “não basta a entrega do tríptico informativo sobre a natureza do produto, de difícil compreensão (…) nem reuniões sobre as quais não é claro o conteúdo”.

ARP// ATR

Lusa/fim

Deixe uma resposta