Um desafio em torno do Track Record

Tiago Esteves
Em conversa com um ilustre leitor deste modesto espaço lembrei-me que seria eventualmente pertinente partilhar com quem estivesse interessado um documento para fazer track record. Um documento que permitisse registar todos os negócios feitos no mercado, facilitando assim a sua análise em termos gerais e visuais.

O “único” problema deste plano passa pelo documento que eu utilizo, que é bastante básico e tem pouco de apelativo. Há uns anos que utilizo uma folha de excel que foi partilhada no Stockwatch (podem sacá-la a partir deste link). Como serve para o essencial continuo a utilizá-la, mas não é de facto o melhor que a tecnologia actual pode proporcionar.

Mais recentemente comecei a utilizar o software da Teletrader, extremamente interessante e grátis, mas que não permite a introdução de posições curtas. Ora, com este post eu proponho um desafio! Para não andarmos todos a trabalhar em torno do mesmo, se alguém já tiver construído um ficheiro excel ou algo semelhante, simples e apelativo, e não se importe de partilhar com todos os que disso possam beneficiar, mo envie por e-mail (tiago.s.esteves(a)gmail.com) para eu colocar disponível. Escolherei os dois ou três melhores e procederei, com os devidos créditos, à partilha pública!

Fica o desafio 🙂

Comment List

  • joão torresini 12 / 03 / 2014 Reply

    post muito bom, parabéns

  • joão torresini 12 / 03 / 2014 Reply

    post muito bom, parabéns

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 12 / 03 / 2014 Reply

    Obrigado João!

  • Rita 13 / 03 / 2014 Reply

    Olá Tiago!
    Continuo a seguir o teu Blog diariamente e as tuas análises têm sido uma ajuda fundamental no meu percurso de aprendizagem!
    não posso deixar de felicitar-te pelo excelente trabalho e quero agradecer em especial a tua partilha neste post da folha de cálculo Stockwatch.
    simples e intuitiva, para mim vai ser extremamente útil e poupar-me imenso tempo porque até agora ainda fazia o registo todo em papel.
    Por isso Muito Obrigado!
    Rita

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 14 / 03 / 2014 Reply

    Olá Conceição.
    Que seja a primeira de muitas visitas 🙂 Começando pelo princípio, espero que de facto a lição tenha servido, já que a primeira compra foi deveras arriscada. A segunda compra acabou por apanhar um ponto de inversão, mas foi ainda assim de altíssimo risco!

    Não deve acreditar em tudo o que lê nos fóruns. Se é verdade que há muitas pessoas que sabem realmente do que estão a falar, não é menos verdade que há muitos milhares de outras que se regem unicamente pela esperança. Esperar que o BCP atinja os 3,2 euros é completamente irrealista. Entrem chineses, japoneses ou russos! É o mesmo que dizer que a Jerónimo Martins irá atingir os 200 euros porque vão entrar uns americanos no capital. Não faz mesmo sentido…

    Mesmo esperar que o BCP atinja sequer os tais 50 cêntimos, levando o negócio ao break-even, é nesta fase de um grande optimismo…
    O meu conselho pessoal? Vá ajustando a carteira à realidade do mercado, esquecer títulos sem os movimentar na esperança de um dia eles valerem milhões tem-se revelado um mau negócio na grande maioria dos casos.

    De qualquer forma, boa sorte 🙂

    P.S.: Como tinha vários dados pessoais decidi não publicar o seu comentário. Espero, de qualquer forma, que consiga ler a resposta

Deixe uma resposta